A Fundação Pina Ferraz iniciou, em setembro de 2017, a construção de uma barragem na sua propriedade “Brejo da Castanha”, Monforte da Beira. Este é um investimento com inquestionável impacto ambiental e económico para a região, que vai promover a fauna e flora daquele local e contribuir para uma defesa mais eficaz do património florestal, fonte de dinamização económica e social daquela zona do país.
Vencidos os obstáculos iniciais, com dedicação e engenho o projeto concretizou-se e a natureza encarregou-se de recompensar o esforço e dar sentido à intervenção do homem. As imagens falam por si.

 

No dia 24 de março a Fundação Pina Ferraz realizou, pelo quinto ano consecutivo, a sua Caminhada Solidária que, nesta edição, teve como objetivo a ajuda à Associação Desportiva Penamacorense, como forma de valorizar o seu papel na formação desportiva e social de jovens atletas, desde 1978.
Foram cobradas cerca de 200 inscrições, a que se somaram os jovens atletas da ADEP e as crianças e jovens da nossa casa de acolhimento, que encheram a propriedade de Campo de Frio de Calor Humano. Nesta edição o sol brindou a generosidade dos participantes e o lindíssimo percurso pelas margens da Ribeira da Baságueda tornou-se ainda mais compensador.
Cabe-nos agradecer a todos os presentes a identificação com a visão solidária da Fundação; aos colaboradores da Fundação a sua dedicação e empenho para o sucesso de mais esta edição; às crianças e jovens da nossa Casa de Acolhimento Residencial a colaboração e alegria com que vestiram a camisola desta iniciativa; à ADEP toda a disponibilidade e colaboração; à Câmara de Penamacor a imprescindível ajuda no transporte de alguns dos participantes; à Junta de Freguesia de Aranhas e Rancho Folclórico de Aranhas pelas maravilhosas sopas em panela de ferro que mais uma vez fizeram as delícias dos participantes; à Associação Humanitária dos Bombeiros de Penamacor que garantiu a segurança e apoio aos caminhantes; à Luís Mendes Roque - Sociedade Unipessoal Lda., que ofereceu a magnólia que todos os anos plantamos como símbolo desta ação; ao Eduardo e Paulo Geraldes responsáveis pelo som e à Inês Branco, professora de Zumba que, de modo solidário, preencheram a manhã de sorrisos e animação; à Maria Luis Marques Roque que enriqueceu a tarde de todos os participantes com a bonita música do seu acordeão. Também um agradecimento a todos os que de uma forma ou outra contribuíram para a divulgação desta iniciativa.

As bolsas de estudo IPF, representam um apoio social direto até dez estudantes residentes no Concelho de Penamacor, que ingressem em cursos do 1.º ciclo (licenciatura) ministrados pela Universidade da Beira Interior ou por outras entidades de ensino superior, exclusivamente nos casos em que o curso pretendido não faça parte da oferta da UBI.

O valor da bolsa corresponde ao valor da propina anual aprovada pela Instituição de Ensino Superior, acrescida de 500 € para despesas iniciais de instalação do candidato e a bolsa é paga em quatro prestações, respeitando as datas de regularização de propinas estabelecidas no regulamento da Instituição de Ensino Superior. Estes valores parcelares da bolsa, são entregues ao bolseiro nos serviços administrativos da Fundação, respeitando as datas acima mencionadas.

A atribuição da bolsa é formalizada através da celebração de um Contrato entre a Fundação Instituto Social Cristão Pina Ferraz e cada bolseiro. Desde o ano letivo de 2014/2015 a Fundação já apoiou 20 alunos do concelho, sendo que três deles já terminaram o seu 1.º ciclo de estudos. Só no ano letivo de 2017/2018 foram 11 os estudantes universitários do concelho que começaram a beneficiar deste apoio da Fundação e que no dia 6 de outubro (dia em que celebrámos o dia da Fundação) assinaram o seu contrato de bolseiros.

Nos dias 26, 27 e 28 de janeiro de 2018 realizou-se mais uma “Festa das Varas do Fumeiro”, na aldeia de Aranhas. A Fundação Pina Ferraz marcou novamente presença nesta mostra de produtos regionais e de preservação cultural. Nesta edição a Fundação apresentou e promoveu, mais uma vez, os produtos de porco bísaro, mantendo as receitas tradicionais e valorizando esta carne de características organoléticas e textura tão especiais e cujo sabor é ainda melhorado pela alimentação e manejo a que os animais são sujeitos. O trabalho que a instituição desenvolve em prol da recuperação do porco bísaro e sua rentabilização na produção de receitas tradicionais e promoção da cultura gastronómica e economia da região, é cada vez mais expressivo e apreciado.
Alguns dos nossos jovens participaram na feira tendo este sido mais um momento onde puderam treinar as suas competências sociais, a sua autonomia e reforçar a sua identificação com a família Pina Ferraz.

No dia 18 de novembro teve lugar na Herdade do Campo Frio a VII Reunião dos Amicos Silvestris, jornada micológica que desta feita foi realizada no concelho de Penamacor, com a organização da Fundação Instituto Social Cristão Pina Ferraz e do Restaurante Casa Esquila.
O Encontro iniciou-se com um discurso de boas-vindas aos participantes, por parte dos responsáveis das entidades organizadoras: pela Fundação Pina Ferraz o seu Administrador Executivo, António Henriques; pela Casa Esquila, o proprietário e chefe de cozinha, Rui Cerveira e pelo Grupo Amicos Silvestris, José Gravito Henriques. Ao discurso seguiu-se uma degustação de produtos da Fundação Pina Ferraz, que muito agradou a todos e serviu para recobrar energia antes da saída para o passeio micológico pela herdade.
No regresso foram expostas e devidamente apresentadas as espécies recolhidas e em seguida nada melhor que saboreá-las à mesa, em criações culinárias do chefe Rui Cerveira, que foram surpreendendo e deliciando os convivas. A diversificada e muito bem confecionada ementa fechou com chave de ouro com a sobremesa criada pela aluna do Curso Profissional de Cozinha e Pastelaria da Escola Ribeiro Sanches, Catarina Santo.
A tarde foi ainda enriquecida com a apresentação de interessantes trabalhos de investigação e reflexão sobre a atividade micológica, a divertida nomeação de novos Amicos Silvestris, a entrega de menção de participação emérita à Fundação Pina Ferraz, na pessoa do seu Presidente do Conselho de Administração, Padre Joaquim António Martins e ao Chefe Rui Cerveira, como responsável pela Casa Esquila.
Antes de rumarem para o Festival do Cogumelo-Míscaros no Alcaide, os participantes puderam ainda desfrutar de visita guiada pelo Administrador Executivo da Fundação, aos núcleos de Porco Bísaro e Ovelha Churra do Campo existentes e promovidos na Herdade do Campo Frio.